Review – Ferramenta Adobe Xd

Veja o review completo da ferramenta e veja o infográfico detalhando os principais ponto para o uso do Adobe Xd.

Vai desenvolver uma aplicação para Apple? Conheça seu público.

Conhecendo o público da Apple

Apple é o Rolls Royce dos produtos de tecnologia. Seus clientes estão mais do que satisfeitos em pagar valores premium, porque sabem que receberão algo à altura, sabendo disso, o que você pensa sobre os aplicativos? Precisa ser tão útil e excelente quanto, concorda? (Diferente das aprovações aplicativos do Google Play que é feito por um robô, na Apple é um ser humano, que testa seu aplicativo e valida para liberação na loja AppStore).

A Apple carrega a filosofia “quanto mais simples melhor” nas sua linhas de produtos.

De 2011 para 2012 a Apple deu atenção para o público acima de 35 anos quando buscou temas educativos e abordagens inteligentes usando o Mac, como pode ser visto na pesquisa da Brandindex, na imagem abaixo:

Após consolidar o público 35+, voltam a focar no público abaixo de 35 (O assunto foi tópico de discussão no UserTesting, em uma matéria chamada “Porque os novos comerciais da Apple são tão irritantes?”) inclusive aos millennials (conhecida como geração Y) no ano de 2018, com a certeza de ter criado fãs o público baby boomers (aqueles que nasceram entre 1946 e 1964 e mais). 

Os números mostram que 70% dos donos de iPhone nem sequer pensariam em comprar um aparelho de outra marca. com base na pesquisa realizada nos EUA em 2017 pela empresa FluentCo. Além disso, 79% dos donos de iPhone disseram que o próximo smartphone que comprarão continuará sendo um Apple.

A Apple foca na qualidade, e deixando seu produto com valor agregado por isso, seus clientes pagam valores altos, pela certeza da qualidade do produto que está adquirindo:

Procurando sobre o assunto no ano de 2018 achei uma publicação de um estudo de um aluno da universidade UNIJUÍ com o tema: O COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR: OS FATORES INFLUENCIADORES DA EXPERIÊNCIA COM O IPHONE, que pode ser encontrado nesse link.

Com base nesse estudo vale mostrar os gráficos coletados com base na pesquisa do aluno Fábio Cadoná.

Gráfico com base em 71 participantes.

Dessa forma conseguimos com facilidade levantar alguns itens de parâmetros para identificação do público que utiliza os produtos da Apple e consequentemente conhecer o público para a criação de um aplicativo para a App Store:

  • Poder aquisitivo alto: 
    • Classe A
      • Melhor que tentar abraçar o mundo, é ter um público bem definido e acima de tudo satisfeitos, com os produtos que são disponibilizados. “Steve Jobs”.
  • Exigente em qualidade
    • Praticidade
    • Simplicidade
    • Útil/Indispensável
    • Conectividade (centralização da informação em outros dispositivos da marca, adaptação de um app para outros dispositivos, eleva o valor do seu app, ex.: Tablet, watchOS, AppleTv e MacOS)
  • Exclusividade (A Apple valoriza aplicativos que são úteis e estão somente em sua plataforma, seus clientes geralmente pensa da mesma forma)

Conclusão

A Apple tem um público específico e bem direcionado, pensar em um aplicativo, que já esteja em uma outra plataforma e publicar na loja da AppStore, precisa estar alinhado a esse público! Claro que fica mais fácil criar uma solução direcionada ao público da Apple, visto que é um nicho que tem clareza em seu público, outro detalhe importante é entregar um aplicativo para os usuários da Apple, podendo ser pago inclusive é muito mais fácil que em outras plataformas, visto que seu público investe em aplicativos para facilitar o seu dia-dia.

É um nicho que dá vontade de investir, para você que deseja criar um aplicativo para os usuários da Apple, procure desenvolvimentos nativos, ou seguindo a guideline da Apple à risca, caso se aventure com programações híbridas.

 

 

Qual fonte utilizar no aplicativo – iOS e Android

Tipografia para aplicativos, existe fontes para cada plataforma? Sim!

A Apple começou nos anos 2000 com a Lucida Grande para o OS X, em seguida passou Helvetica Neue Light, teve muitos problemas por ser muito fina, até passar para a Helvetica Neue, em 2015 criou sua própria fonte chamada San Francisco usada nos dias atuais, onde pode ser visto em seu site developer guideline padrão.

Já o Android tem como padrão as fontes da sua página oficial Google Fontes. Importante ressaltar que além de ter várias fontes a fonte mais utilizada e considerada padrão é o ROBOTO que tem um espaçamento único que ajuda na leitura.

Utilizar a fonte padrão é algo bom, visto que quando utilizamos algo que a plataforma disponibiliza, a gente evita erros que aparentemente parece ser pequeno, mas sabemos que existe um estudo apurado dos designers de tipografia de cada loja para conseguir entregar a melhor fonte para o usuário final.

Stakeholders – Qual sua importância processo de desenvolvimento de aplicativo?

No mundo dos negócios e na área de sistema de informação, existe muitos termos que precisamos aprender, alguns são até criados de acordo com o tempo, exemplo: “Pivotar” é uma palavra que não existe na lingua portuguesa, mas foi criada pelo ecossistema das Startups, que indica retirada de funcionalidades que estejam dando mais trabalho do que resultado, visto que uma startup precisa de um retorno urgente para validar a ideia executada.

Dessa forma o stakeholder tem como conceito uma pessoa ou um grupo, que legitima as ações de uma organização e que tem um papel direto ou indireto na gestão e resultados dessa mesma organização, ou seja, é uma pessoa que pode sem você saber influenciar nas decisões do projeto em andamento. Por isso conhecer todos os stakeholder, faz toda diferença nas tomadas de decisões e entregas de features.

Uma estrutura próximo do que consegue encontrar com facilidade é como a imagem acima. Você sendo o gestor do projeto, precisa saber a importância de cada pessoa vinculada ao seu projeto.