Know how

O mundo digital é tão presente em tudo que fazemos, que passa a impressão de que esse avanço ocorre de maneira padronizada em todos os setores. Só que isso não é uma realidade. Em muitas áreas, ainda estamos engatinhando e o caminho a ser percorrido é longo e de muito aprendizado.

 

Já falamos aqui sobre o importante papel da tecnologia da informação no gerenciamento de negócios rurais. Algumas propriedades despontam no aporte tecnológico, desde maquinários ultramodernos à softwares de última geração. Vamos dar sequência ao artigo passado e nos ater aos softwares.

 

Considerando as ferramentas disponíveis no mercado e a avaliação dos usuários, alguns pontos de melhoria têm sido relatados.

Os programas apresentam muitas abas ou janelas até que se consiga chegar na informação desejada.

A correlação de informações é rasa e não entrega os insights esperados.

Os clientes utilizam menos de 10% do que é oferecido no pacote de serviços.

A utilização de termos técnicos e nomenclaturas complexas dificultam o entendimento e o uso das aplicações do programa.

 

Os resultados são apresentados com um campo de visão limitado ao que foi diretamente informado nos dados, não permitindo uma avaliação abrangente de respostas que de fato farão diferença no campo. Insights importantes passam despercebidos e a Inteligência Artificial – IA não cumpre seu papel.

 

Como solucionar essas demandas? Eis a questão.

 

A resposta é buscar profissionais especializados de cada área, com foco na complementariedade e usar o “know how” de cada um para oferecer produtos e serviços customizados para as propriedades rurais. Cientistas de dados e consultores do Agro formatando ferramentas estratégicas para atuar dentro da porteira.

 

Margens estreitas, mercado instável, custos elevados, não há espaço para amadorismo. A profissionalização da atividade agropecuária é um caminho sem volta. Engatinhar não é suficiente, a velocidade com que se aprende a andar e correr define quem vai se destacar nas próximas décadas.

 

Magia tecnológica

Os sistemas produtivos têm avançado a cada ano. São diversas mudanças ocorrendo ao mesmo tempo nos mais diferentes setores. Essa dinâmica acelerada está fazendo uma seleção criteriosa, forçando os produtores e profissionais da área a acompanharem seu ritmo. Como em toda corrida, temos aqueles que chegam primeiro, quem vai caminhando e os que ficam para trás. No Agro, os últimos colocados vão sendo desclassificados, não conseguem mais se manter na competição e outros assumem o seu lugar.

 

Difícil dizer qual é o principal fator para o insucesso de uma propriedade, temos numerosos requisitos a serem cumpridos e várias pessoas envolvidas. Antigamente o produtor era o ponto chave da propriedade e tomava decisões sozinho. Hoje isso está mudando, a necessidade de aumentar a capacidade produtiva demandou profissionais especializados, que junto aos proprietários compõem o time da tomada de decisão.

 

Não se pode errar. Humaninhos erram, isso é fato. Expertise é determinante para minimizar a chance de isso acontecer. O jogo é jogado. E só se ganha com acertos, o máximo possível. Uma frase atribuída a Michael Jordan resume bem: “O talento vence jogos, mas só o trabalho em equipe ganha campeonatos”.

 

Equipe, esse é um dos pontos que tem feito diferença na assertividade da atividade agropecuária. Forma-se um time, com funções bem definidas. Para as instruções, são necessárias informações, ou nesse caso, dados da propriedade.

 

O primeiro passo é a anotação de tudo que acontece dentro da porteira, vale para pequeno, médio ou grande produtor. Só assim é possível mensurar se a atividade está sendo lucrativa ou não. O próximo step é verificar o que precisa ser corrigido ou melhorado. E isso precisa acontecer de forma rápida, minimizando possíveis perdas e maximizando resultados.

 

Papel e caneta. Cadernetas. Bloco de anotações. Livro controle. Computadores. Notebooks. Planilhas. Softwares. Programas.

Unificar informações. Analisar dados. Interpretar resultados. Tomar decisões.

Humaninhos. Trabalho em equipe. Celeridade.

Finalizadas as considerações, vamos para o que efetivamente tem funcionado na prática.

 

O mundo digital ainda não está tão popularizado na zona rural quanto deveria. Sinal de celular é difícil em alguns locais, quem dirá acesso à internet. Papel e caneta são a base, permanecerão por longo tempo, e o melhor, funcionando, como sempre foi.

Depois da escrita, entra a magia tecnológica.

 

Os registros podem ser rapidamente lançados em programas que farão a organização, correlação e fornecerão resultados. A velocidade da máquina e as habilidades de profissionais competentes permitem gerar insights para identificar e solucionar problemas, alavancar a produtividade e aumentar a rentabilidade.

 

A união de mentes do Agro e da Tecnologia da Informação tem tornado isso realidade, viabilizando uma verdadeira transformação tecnológica na gestão de propriedades rurais. Uma ponte conectando o offline da terra ao online da nuvem com rapidez e eficiência.

 

Drª Emanuelle Beatriz

Engenheira agrônoma, mestre e doutora em Sistemas Integrados de Produção Animal.
É produtora rural, consultora do Agro, empresária e uma entusiasta da transferência de conhecimento!

Instagram

A informação e a prudência

O cultivo do solo para a produção de alimentos é realizado há milhares de anos. Uma peça fundamental no processo é o uso de fertilizantes. Preparar o solo, adubar e disponibilizar nutrientes em quantidade suficiente para um adequado desenvolvimento das culturas é fundamental para a sustentabilidade dos sistemas agrícolas.

 

Na produção de fertilizantes, alguns players se destacam como principais fornecedores e suas relações impactam diretamente nos mercados importadores.

 

Nos deparamos com uma guerra entre Rússia e Ucrânia.

 

As consequências sociais são devastadoras. As questões geopolíticas e comerciais são profundamente afetadas. Os resultados são imprevisíveis.

 

Produzir alimentos permanece sendo uma necessidade essencial. Qual será o impacto deste confronto na produção mundial é uma incógnita. Uma única tomada de decisão pode mudar tudo a qualquer instante.

 

Os principais nutrientes usados nos sistemas produtivos são nitrogênio (N), fósforo (P) e potássio (K). O gigante da produção agrícola não é autossuficiente nos fertilizantes e depende do mercado externo, 90% do potássio usado na produção brasileira é importado, por exemplo. Os principais países fornecedores são Rússia, Belarus, Canadá e China, responsáveis por 80% da produção de cloreto de potássio do mundo.

 

Os adubos nitrogenados são fornecidos principalmente por China e Rússia.

 

A produção de adubos fosfatados é mais abrangente, com o mercado sendo abastecido por China, Rússia, Arábia Saudita, Marrocos e Estados Unidos.

 

A Rússia é um dos principais produtores globais de fertilizantes (NPK), sendo responsável por suprir aproximadamente 25% da demanda do Brasil.

 

O desabastecimento de um desses macronutrientes pode ocasionar redução da área de produção e/ou aumento dos custos, que vão culminar na elevação de preços para o consumidor final. A quantidade, qualidade e distribuição de alimentos para a população mundial é uma preocupação crescente.

 

Muita especulação, pouca informação. Destinos incertos.

 

Momentos desafiadores criam grandes oportunidades. Por mais dura que seja a realidade.

 

Governos e grandes grupos já estão buscando alavancar a produção em fontes de seu próprio país. Negociações estão sendo expandidas e diversificadas.

 

Novos mercados estão emergindo.

 

Na incerteza dos próximos caminhos, a informação e a prudência são valiosos aliados.

Drª Emanuelle Beatriz

Engenheira agrônoma, mestre e doutora em Sistemas Integrados de Produção Animal.
É produtora rural, consultora do Agro, empresária e uma entusiasta da transferência de conhecimento!

Instagram

Mais qualidade nos serviços da sua empresa!

👍📈 Tenha maior rendimento, produtividade e eficiência, automatizando os seus serviços! Com o nosso software você obtém mais qualidade no sistema e nos serviços prestados.

▶ Você já conhece o ERP 360? Ele é um equipamento revolucionário que liga todos os setores importantes para a empresa e centraliza o controle e todo o fluxo de informações, promovendo um relacionamento melhor entre os campos internos

Veja alguns benefícios: ⤵

● Gerenciamento de contratos;
● Agendamento para pós venda;
● Integração com o Google Mapas;
● CRM para controle de atividades e tarefas;
● Comissões por funcionário prestador de serviço;
● Gestão de contratos;
● Painéis gerenciais e indicadores;
● Layout NFS-e para todas as prefeituras;
● Cadastro de objetos personalizados.

👤🆙 Outro ponto importante é a possibilidade do usuário, dentro do sistema operacional de gestão, de administrar as informações que cada funcionário da empresa pode acessar. Isso sem contar na reparação do controle de inventário, no alinhamento dos processos, na diminuição dos riscos e no desenvolvimento do gerenciamento de recursos.

📲👍 As nossas soluções facilitam a gestão de distribuidores de insumos, lojas agropecuárias, produtores rurais e muito mais. Continue nos acompanhando para entender mais!

Melhora na manufatura

▶ A gestão da manufatura é uma sequência de metodologias que têm o objetivo de proporcionar mais agilidade na realização dos processos industriais. O propósito fundamental é diminuir a taxa de erros, e ao mesmo tempo, obter mais qualidade em todas as fases de produção e intensificar o lucro.

✅⬆ Realizar esse gerenciamento é de extrema importância para que a sua empresa consiga o máximo aproveitamento das matérias-primas e da mão de obra.

Vantagens de um sistema de gestão da manufatura: ⤵

→ Otimização de processos;
→ Agilidade;
→ Mais lucro;
→ Qualidade;
→ Redução de falhas.

👍✅ Com o ERP360, você pode confiar de olhos fechados na tomada de decisões, já que ele oferece todo o suporte para a execução e monitoramento das vendas.

▶ Toda a área integrada com esse sistema, facilita para o agrônomo conseguir coletar os dados dos setores da sua empresa, além de produzir as informações necessárias para uma contabilidade mais ordenada. Isso significa que com o ERP360º você tem o controle total do seu negócio para ser mais organizado e produtivo.

↑ Obtenha controle de estoque, gerenciamento de depósito e auxílio de compras para a melhoria da sua empresa! É hora de modernizar a gestão!

Mais organização para a sua empresa!

📈✅ A organização é o que falta para o crescimento da sua empresa, e o ERP360 é um sistema de gestão para o agronegócio que ajuda a mecanizar os serviços e auxiliar durante as operações diárias.

▶ Ele está presente em diferentes segmentos hoje em dia como: fábricas de ração, produtor de sementes, máquinas e implementos, cerealistas, agropecuárias e defensivos.

Essa tecnologia garante a você um baixo investimento com infraestrutura e clareza de dados, ou seja, o gestor terá uma visão ampla de todos os aspectos do negócio.

✅ O aproveitamento destas soluções na gestão agrícola, expande a produção de maneira considerável no campo, uma vez que os métodos são automatizados, trazendo mais agilidade nos resultados.

Isso faz com que os colaboradores que estão envolvidos nessas atividades, possam executar as operações mais importantes para o crescimento saudável da empresa. Essas técnicas otimizam seu tempo e apresentam informações exatas.

🤔📲 Ficou alguma dúvida?
Entre em contato e conheça ainda mais sobre o ERP360!